Crítica: Joy Division – “Unknown Pleasures” | Superestimado ou atemporal?

Talvez um dos álbuns mais complexos da cultura Pop, ao lado de “The Dark Side Of The Moon” de Pink Floyd, “Unknow Pleasures” de Joy Division é um disco tão triste e profundo, que até sua arte de capa insere o tema “morte” ao ouvinte. Continuar lendo Crítica: Joy Division – “Unknown Pleasures” | Superestimado ou atemporal?

Respeitem Meus Cabelos Brancos

Imagens tradas de: http://thechanelmuse.tumblr.com/post/143444425939/artist-paints-the-universe-and-nature-into-black Respeitem meus cabelos, brancos Chegou a hora de falar Vamos ser francos Pois quando um preto fala O branco cala ou deixa a sala Com veludo nos tamancos Cabelo veio da áfrica Junto com meus santos Benguelas, zulus, gêges Rebolos, bundos, bantos Batuques, toques, mandingas Danças, tranças, cantos Respeitem meus cabelos, brancos Se eu quero pixaim, deixa Se eu quero enrolar, deixa … Continuar lendo Respeitem Meus Cabelos Brancos