Sour: Olivia Rodrigo explora feridas do passado que se tornaram grandes inseguranças

A essa altura todos já conhecem o disco “Sour” da norte-americana Olivia Rodrigo. O álbum está sendo um fenômeno tão grande quanto o “Teenage Dream” de Katy Perry e o “21” da Adele foram. Quem diria que um término de namoro adolescente renderia tantos recordes de vendas?

O que antes era pra ser um simples EP, acabou sendo um dos discos mais rentáveis do ano de 2021. O single “Drivers License” foi tão aclamado, e viralizado no mundo todo, que Olivia e sua equipe simplesmente precisaram fazer de “Sour” um álbum. A artista o lançou através do selo  Geffen Records.

Olivia Rodrigo explica o significado por trás das cenas do clipe de  'drivers license' - Febre Teen

O que mais chama atenção em Olivia Rodrigo é a forma como sua autenticidade a aproximou do público, uma vez que a artista não é o padrão de cantora pop com cabelo loiro e que exibe o corpo em figurinos sexys, muito ao contrário, Rodrigo é comparada com Avril Lavigne, ainda que sua maior influência seja Taylor Swift.

CD Olivia Rodrigo - Sour - Versão Standard | Universal Music Store -  Universal Music

O disco foi lançado em 21 de Maio e rapidamente começou a vender milhares de cópias por dia. Produzido por Dan Nigro, sua sonoridade varia muito entre o Pop Rock, Pop Punk e Bedroom Pop. A identidade musical soa um pouco com o “Sawayama” de 2020 e os primeiros trabalhos de Avril Lavigne.

Ao ouvir o disco e analisar as letras, é muito fácil de entender o motivo pelo qual a cantora se comunica tanto com a geração Z. Já na primeira faixa “Brutal” a cantora expressa seu descontentamento com a sociedade que utiliza de mídias sociais para comparação de beleza e talento. A cantora diz que não aguenta a pressão de ser uma pessoa pública e estar vivendo sua adolescência dessa forma tão brutal, com seus sentimentos tão vulneráveis.

Cerca de 80% das faixas de “Sour” são direcionadas ao seu ex-namorado, Joshua Bassett, que, segundo Olivia, a “trocou” por Sabrina Carpenter. As canções “Traitor”, “Good 4 U” e “Jealousy, Jealousy” falam explicitamente sobre essa situação, até com detalhes.

Através de suas letras, Olivia expressa um descontentamento consigo mesma, por não ter sido o suficiente para Joshua. A cantora se intitula como “insegura” diversas vezes e apesar de ser tão talentosa e muito apreciada por seu público, ela não consegue ver o lado bom.

“Happier” é uma faixa bem ácida e um tanto expositora, uma vez que Olivia diz explicitamente que espera que seu ex não seja feliz em seu novo relacionamento, o que contradiz “Good 4 U” essa que mostra Olivia furiosa com a felicidade de Joshua em não tê-la por perto.

Olivia Rodrigo apresenta pela primeira vez ao vivo a faixa 'favorite crime'  | Portal PopNow - Know how pop!

A faixa “1 step forward, 3 steps back” teve um dedo de Taylor Swift e Jack Antonoff por conta da similaridade com “New Year’s Day”. Sua letra disseca um pouco da relação de Olivia e Joshua, mostrando que desde o início sempre foi conturbada e pouco levada a sério por parte do rapaz, mas Joshua sempre tenta a ter por perto, deixando-a confusa sobre suas intenções.

“Favorite Crime” soa muito madura após ouvir todos os relatos da cantora com o decorrer do disco. Olivia nos leva a entender que Joshua brincou tanto com seus sentimentos e a feriu tanto, que em determinado momento foi isso que a manteve entretida. A música é uma recobrada de consciência e amor próprio, é Olivia seguindo em frente.

o álbum é finalizado com “Hope Ur Ok”, dedicada aos amigos que teve na infância e que se distanciaram com o tempo. Essas pessoas que ela descreve tiveram uma infância muito conturbada e ela os deseja o melhor. É uma despedida geral aos acontecimentos de seu passado que a levaram aos seus problemas emocionais.

Celebrando o álbum "Sour", Olivia Rodrigo performa "enough for you" -  TodaTeen

Olivia escreveu essas músicas tendo apenas 17 anos, uma idade onde tudo parece desmoronar facilmente, é por isso que tantos se sentem representados por suas canções. Em “Brutal” a própria cantora entende que nada é tão ruim que não possa piorar, mas que não se pode ignorar os sentimentos dos jovens.

7,4 – Nota.

Ouça na íntegra:

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.