Aldous Huxley – Admirável Mundo novo (1932) – Resenha

 Ciao leitores, hoje eu posso dizer que sobrevivi à esse livro que enlouquece seres humanos! Eu li Admirável Mundo Novo (Brave New World).

  Esse maravilhoso livro escrito em 32 que cria um futuro distorcido (que pode ou não tornar-se realidade).  Um futuro que para muitos é o paraiso e para outros é um inferno!

  Seja bem vindo ao mundo de Admirável Mundo Novo…

  https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/

  Antes de você ler esse livro, ponha na cabeça que ele foi escrito em 1932, então o português dele é o mais formal possível. De preferência leia com um dicionário do lado, pois ele possui palavras de difícil entendimento (e palavras inventadas). Eu não li com o auxílio de um dicionário, mas isso não prejudicou o entendimento da história como um todo. Apenas algumas partes ficaram um tanto lentas para entender.

Agora vamos para o enredo:

    Como eu disse o livro foi escrito em 32, e esse futuro distópico que o escritor pensou, acontece (mais ou menos) em meados de 1960/70 (isso não é falado no livro, pois os personagens contam os anos de uma forma diferente).

   Nesse mundo novo as pessoas já não nascem mais como nós nascemos, tudo agora é na base da tecnologia, os humanos agora são fabricados em usinas de inseminação artificial, onde eles nascem em grupos de até 90 gêmeos (que são chamados de Bokanovsky), além disso os humanos são dividido em castas, sendo elas:

  •   Alfa: São os humanos com mais vantagens e não passam pelo processo Bokanovsky
  •  Beta: Tem menos vantagens do que os Alfas, mas ainda sim são felizes e também não passam pelo processo Bokanovsky.
  • Gama: Inferiores aos Betas, passando pelo processo Bokanovsky
  • Delta: Inferiores aos Gamas, e também passam pelo processo Bokanovsky
  • ípsilon: Seres humanos criados apenas para o trabalho, sendo inferiores aos Deltas e passando por um processo Bokanovsky maior.

Resultado de imagem para admirável mundo novo

  Essas respectivas “castas’ são escolhidas antes mesmo deles nascerem, levando em conta o ambiente em que eles são criados, oxigênio, álcool e vários outros fatores que os médicos usam para moldar o ser humano.

  Tendo isso em mente, agora vamos pular para um ponto importante: Todos são felizes! Desde o ípsilon até o Alfa +.

  Eles são criados para serem felizes, e se não forem felizes sozinhos, podem ter uma pequena ajuda do SOMA (uma droga que causa efeito alucinógeno que gera uma felicidade instantânea, não causando efeitos colaterais).

O Soma é uma base importantíssima para essa sociedade perfeita, pois sem ele você pode FICAR TRISTE, CHATEADO, COM RAIVA ou até mesmo PENSAR POR SI PRÓPRIO.

  E uma característica muito importante dessa geração é Abolir qualquer relacionamento afetivo, seja ele amoroso, de amizade ou “familiar” já que nessa sociedade não existe família (e a palavra mãe e pai são uma ofensa quase sexual).

Resultado de imagem para admirável mundo novo

      Outro fato importantíssimo para entender essa sociedade, é que não existe Deus. Sua existência fora extinta após uma guerra que durou nove anos. Mas ainda sim eles mantém suas crenças em uma espécie de “não entidade”, que vocês conhecem muito bem…

Resultado de imagem para henry ford

Resultado de imagem para ford

  Isso mesmo, o suposto “Deus” desse novo mundo é o Henry Ford, criador da Ford automóveis (empresa automobilística).

  O livro tem três personagens que eu considero protagonistas, e eles são:

  • Bernard Marx, Alfa-Mais
  • Lenina Crowne, Beta-Mais
  • John, O Selvagem

Esses personagens são os que trazem uma história para ser entendida, e são importantíssimos para toda a trama.

  Eu adorei muito o livro e ele abriu bastante a minha mente, com relação ao governo principalmente, pois ele mostra como o governo tem um controle sobre a sua vida, e como os nossos pensamentos podem ser facilmente moldados. Recomendo sim o livro e tenho certeza que você pode acha-lo em qualquer bibliotéca.

https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpt1/v/t34.0-12/

Anúncios

Um pensamento sobre “Aldous Huxley – Admirável Mundo novo (1932) – Resenha

  1. Pingback: Minhas leituras de 2016 | Saga Das Músicas

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s