Entrando na Mente do Gustavo – O juiz sou eu!

  Você diz que eu me visto como alguém que está pronto para pular carnaval, diz também que meu cabelo é bagunçado e sem graça. Ora eu não sabia que meu cabelo trabalhava como palhaço, mas relevei. Fica tranquilo que eu não contarei a ninguém que o seu não aguenta nem uma chapinha.

  Você já me disse que tem mais seguidores que eu no instagram, mas esqueceu de citar que são todos de um fã clube de Chiquititas. Mas não se preocupe, não contarei a ninguém que você usa 10 hashtags em uma única foto.

   No mesmo dia, falou que minhas fotos eram estranhas e que minhas poses eram sem graça. Que minhas caretas estragavam as fotos e a maneira que eu arregalava os olhos fazia de mim um estranho, um E.T. Mas relaxa, eu não conto pra ninguém que isso é invejinha. Nem preciso na verdade, todos sabem que você não fica bem em nenhuma pose. O seu ideal mesmo é esconder a cara e postar fotos de paisagem 😉 aproveita porquê São Paulo é cheia de lugares lindos.

    Me disse que eu canto super mal e que era melhor eu me gravar cantando para ouvir a vitrola quebrada que eu sou! Mas relaxa, não contarei a ninguém que você não canta nem um Ré.

  Acho que falou também que meu blog era um blog qualquer, mas acho que ninguém sabe que o seu fui eu quem criou. Acho que você não deve saber que o numero de visualizações que você recebe em um mês, eu recebo em um dia.

  Aaah é verdade, disse também que eu sou um fracasso, que não vou me dar bem na vida. Mas pode relaxar que eu não contarei a ninguém que você foi reprovado em duas entrevistas de emprego no mesmo dia.

    Suas palavras me abalam tanto… Você acha que me conhece o bastante para me julgar. Meu amor, o juiz sou eu! Eu julgo a mim mesmo quando é preciso, não preciso de um metido a besta, estrelinha para dizer o que eu sou ou serei. Preciso apenas de mim.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Entrando na Mente do Gustavo – O juiz sou eu!

  1. Migo para que você arrasou, se ta certinho : Suas palavras me abalam tanto… Você acha que me conhece o bastante para me julgar. Meu amor, o juiz sou eu! Eu julgo a mim mesmo quando é preciso, não preciso de um metido a besta, estrelinha para dizer o que eu sou ou serei. Preciso apenas de mim.

    Sensacional ❤

    Curtido por 1 pessoa

Comenta ai :]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s